A beleza de se aventurar com o novo

November 19, 2017

  A oportunidade de vivenciar o novo é oferecida diariamente pela vida, por acomodação, falta de motivação, rotina e tantos outros impedimentos internos particulares não vivenciamos o novo, todos os dias. 

Cortar os dreads foi profundamente transformador, profundo e curativo para mim, fiquei anos sem cortar meu cabelo o que me fez esquecer da beleza que é se aventurar também no corte, nas emoções internas causadas pelo corte, pela mudança tão profunda no cabelo e os resultados disso. Pensei por muito tempo se cortaria ou não meus dreads, quando o fiz observei a libertação que aconteceu. 


Isso me fez refletir várias analogias e metáforas...

Escrevi alguns poemas buscando abranger tudo o que acontecia dentro, aqui dentro, transformando tanto em um ciclo sem fim.

 

(Imagem autoral)

 

 

 Quanto de nós é perdido e repreendido quando não entramos em contato com o novo?

Quanto de nós é resgatado nessa nova experiência? 

Por que tanto medo em viver algo novo?

 

Faz bem deixar a segurança absoluta de lado, se soltar, entregar-se a uma nova vivência, em si e no mundo.

Permita-se viver algo novo, dê voz aquilo que sua intuição te guia. 

Tem ensinamento nisso, tem poesia nisso.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

Posts em destaque

Simbologia dos ajustes na pratica de Yoga

November 21, 2017

1/2
Please reload

Marcadores
Posts recentes

November 21, 2019

November 15, 2019

October 21, 2019

September 22, 2019

Please reload

 Concentração Invertida  
concentracaoinvertida@gmail.com