Os vários tipos de parto e o auxilio da Doula

December 27, 2016

Parir é um rito de passagem muito intimo e particular, por isso é bem importante ter conhecimento básico dos vários tipos de parto, escolhendo aquele em que a mulher se sentir mais segura. 

Agora antes de falar doa vários tipos de parto, vale lembrar que é fundamental você escolher primeiro o tipo de atendimento. Primeiramente você deve escolher o médico que acompanhará nesse período, algumas mulheres optam por médicos da família ou obstetras ou ainda parteiras. Depois de decidir o profissional, você vai pensar no tipo de atendimento, as opções são:

Atendimento médico individualizado - O profissional intervem sozinho, a grande vantagem aqui é que a gestante é acompanhada desde o inicio pelo mesmo profissional. 

Atendimento médico em equipe - Dois ou mais profissionais da mesma especialidade assistem juntos os pacientes, em sistema de rotatividade. A vantagem aqui é que a gestante ao ser acompanhada por vários profissionais vai criando empatia com toda a equipe com toda a equipe e no momento do parto o profissional que estiver ali vai ser familiar.

Atendimento Misto - Esse tipo de atendimento tem algumas semelhanças com o atendimento médico em equipe. Porém conta com mais algumas vantagens, como por exemplo, ter uma enfermeira ou uma Doula na equipe que certamente dedicara mais o seu tempo para a gestante, aumentando a troca de informações e segurança para parir. 

 

Agora que você já escolheu ou pelo menos tem uma ideia do profissional que irá te acompanhar e o tipo de atendimento, chegou o momento de pensar no tipo de parto que você idealiza ter. 

Estamos em um momento histórico em que a mulher tem mais opções de parto com segurança e respeito, as mulheres estão retomando a autonomia do parto cada vez que firmam suas escolhas nesse momento.

 

Sala de parto - Em geral as maternidades contam com algumas salas de parto que servem exclusivamente para o trabalho de parto, para o parto e para a recuperação.
Muitas maternidades tentam promover o maior conforto e intimidade para as mulheres, disponibilizando (para partos de baixo risco) banheira, bola, rebozo, baixa luz, música ambiente e o menos numero de interrupções possíveis. 

Parto Leboyer -  O obstetra francês Frederick Leboyer propôs a teoria do parto sem violência, algumas maternidades seguem essa teoria que visa tranquilizar a passagem do útero ao meio externo. Onde o parto de Leboyer é seguido, observamos: baixa iluminação, preservação do cordão umbilical enquanto mãe e bebe entram em contato pela primeira vez através da amamentação, banho morno no recém nascido, entre outros. 

 

Parto debaixo da água - O parto debaixo da água pode ser realizado em casa ou no hospital. Esse tipo de parto tem como o objetivo recriar o ambiente intrauterino no momento do parto, o que ameniza o choque sentido pelo bebe. 

É importante lembrar que a respiração não começa até que o recém nascido entre em contato com o ar e por isso o risco de afogamento é baixo. Infelizmente esse conceito ainda não é muito bem visto pela comunidade médica. 

 

Parto domiciliar - Particularmente o parto domiciliar me encanta muito, isso porque no parto domiciliar você pode preparar toda a sua casa para esse momento e parir ali, no conforto do seu lar, acompanhado por médicos, obstetriz, enfermeira ou parteiras e doulas. Somando com mais algumas pessoas queridas e da família e se julgar necessário, fotografa. Eu já ouvi mulheres e li relatos sobre toda essa decoração positiva que se faz na casa dias antes do parto. 

No momento do trabalho de parto, a mulher deve estar acompanhada pelos profissionais que escolheu, lhe oferecendo apoio, respeito e dedicação. A autonomia do parto é da mulher!

 

Casa de parto -  As casas de parto são oferecidas pelo SUS, são locais em que a gestante pode fazer o acompanhamento durante a gestação, parto e pós parto, elas oferecem todo o apoio para um parto vaginal com respeito.

 

 

 

Discuta todas essas opções com a sua Doula, ela poderá te auxiliar na escolha. 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

Posts em destaque

Simbologia dos ajustes na pratica de Yoga

November 21, 2017

1/2
Please reload

Marcadores
Posts recentes

November 21, 2019

November 15, 2019

October 21, 2019

September 22, 2019

Please reload

 Concentração Invertida  
concentracaoinvertida@gmail.com